O castelo

Agradecimentos especiais ao blog  Cascudeando  que faz parte dos indicados e também nos indica hehe

 

Duvidas, angustias e depressões quem nunca passou por elas? Na casa do Biel a televisão tinha um papel muito importante, principalmente

quando seu pai Adir não pedia para abaixar o volume. As grandes aventuras de um menino bruxo de 300 anos e seus amigos mortais dentro de um grande castelo eram o passatempo de Gabriel e seus irmãos. Para quem não se lembra nosso

garoto aventura possuía um irmão e uma irmã mais velhos que este. Sendo chamados respectivamente de Jhon e Kleten.

As aventuras do garoto do castelo como também foi conhecido um dos mais magníficos seriados infantis criado pela televisão brasileira tratava de vários assuntos de carater educativo. A importância do Banho com um ratinho pra lá de especial, o conhecimento de sons de instrumentos com uns passarinhos e até tinha uma cobra com muito veneno, além de um marciano e uma “Patty” cor-de-rosa

Gabriel se identificava de alguma maneira com os personagens quem sabe fosse o personagem mais novo do seriado ou o mais bagunceiro, ou ainda não fosse nenhum deles, Porém tivera a sensação que todas aquelas histórias mirabolantes também haviam acontecidos com ele de alguma maneira ou pelo menos sonhado com aquilo algum dia de seus poucos anos de existência.

O castelo era apenas um dos programas favoritos do Biel. Havia outros: um garoto que fazia contato com o mundo da Lua. Um “X” que falava com uma cara, um garoto que morava no campo e conversava com animais, ou ainda um garoto que vivia na sua pré-adolescente anos inacreditáveis. Eram várias as aventuras que nosso herói vivia todas as tardes na frente da televisão na sua casa.

 

Escrito por Garoto às 22:18
[ ] [ ]

E quando eu estiver triste:

 

Viver é crescer. E a cada nova idade as responsabilidades aumentam. Para nosso protagonista não foi diferente. Quando se é grande, sente-se um grande desejo de ser pequeno de volta. As marcas da infância ficam aprisionadas dentro do nosso coração. As grandes aventuras que pensamos que darão impulso para animar-mos ocorrem o inverso e ficamos tristes sem motivo aparente.

Gabriel havia conhecido a internet e junto dela um novo mundo se abria, um mundo de sonhos e de ilusões. O primeiro contato foi a base de “manivela” no ano de 1999 não havia muitas conexões banda-larga. Ou melhor, apenas para a grande elite e como nosso herói era de uma família de classe média baixa, se esse termo ainda exista, ele não possuía condições para adquirir uma tal de ultima geração. O computador também era partilhado com um cronometro entre ele, seu irmão e sua irmã.

Biel resolvera criar um e-mail e para isso que nem ele sabia pronunciar direito convocou sua irmã para auxiliá-lo. Para os que não lembram Gabriel era amiguíssimo de sua irmã Ketlen, não diga-se o mesmo de seu irmão Jhon, o qual brigavam todos os dias e por todas as coisas. Quem sabe as idéias não “batessem”, ou suas visões de mundo fossem totalmente diferentes. Isso se concretizará muitos anos mais tarde.

A partir desse primeiro contato com o aparelho, que Biel não tinha tanta desenvoltura. Mesmo um ano antes ter terminado seu curso de informática numa renomada escola. Curso que julgava insignificante, porém que lhe abriu muitas portas em sua vida.

O aventureiro apesar da conexão lenta conheceu muitos lugares dentro de sua própria casa. Conversou com mundos imaginários, conheceu coisas boas e más. A obscuridade começou a fazer parte de sua vida também. Porém aí é uma nova história que será contada em breve.

 

Escrito por Garoto às 20:48
[ ] [ ]




Meu perfil

BRASIL, Sul, Homem, Portuguese, Livros

Visitante número: